Download Insurance Handbooks
We created these handbooks to help you identify the key points when considering a health insurance policy. They cover a wide range of topics from 'Choosing the right plan', to 'Maternity' and 'Pre-existing' conditions. Please enter your Email address to gain access to our full library.
Download Now  Email Address

  SEGUROS DE SAÚDE EM ISRAEL



Israel, classificado em 23a no Índice de desenvolvimento humano, tem uma altaIsrael Image 1 expectativa de vida (80,9 anos para as mulheres, 76,7 para os homens), graças, em parte ao seu sistema de saúde moderno, com um número de médicos suficiente para atender todos os pacientes, e reputação de técnicas médicas avançadas e pesquisa. Esta reputação é ativamente promovida pelo ministério de turismo, que tem tido sucesso em fazer Israel um destino popular para o turismo médico—15,000 estrangeiros visitaram Israel para ter procedimentos médicos em 2006, que trouxe ao país $40, milhões em receitas.

Em 1995, o sistema nacional de seguros foi aprovado, garantindo que todos os residentes permanentes de Israel sejam segurado por um conjunto padronizado de serviços médicos, incluindo a internação, com um dos quatro serviços médicos extensivos: Clalit, Maccabi, Meuchedet e Leumit. Esta lei foi a etapa mais recente de uma longa tradição de prestação de cuidados de saúde social em Israel. A maioria da população israelense é inscrita para com um desses quatro serviços, e é possivel mudar de serviço uma vez por ano. Estes são obrigados a aceitar qualquer pessoa, independentemente de sua idade e história médica, e os membros pagam contribuições para o seguro progressivo. Dependendo das circunstâncias, as empresas também pagam uma taxa de saúde. Novos imigrantes devem inscrever-se em uma das organizações de cuidados de saúde quando chegam no país e estão isentos do pagamento durante o primeiro ano em Israel. Os fundos podem oferecer seguro complementar para os tratamentos não incluídos na apólice, de acordo com determinadas condições igualitárias. O governo pode adicionar ao plano de tratamento ao progredir da tecnologia e de acordo com os médicos assim que considerem necessário. A lei inevitavelmente tem alguns problemas orçamentais, mas o sistema é firmemente estabelecido. Estes planos, porém, não abrangem turistas ou trabalhadores estrangeiros.

Serviço de saúde de boa qualidade tem um preço. Israel tem um dos sistema de saúde mais caros do mundo, a par com Hong Kong. Somente os EUA são mais caro. Embora o sistema público de saúde de Israel é projetado para compensar isso, ele não cobre os turistas e os residentes não permanentes, que devem ter um seguro particular, quer com uma empresa israelense ou com uma companhia de seguros internacional. Empresas de trabalhadores estrangeiros são obrigados a fornecê-los com seguro particular equivalente ao pacote de benefícios para os israelenses, mas na prática, estas apólices são muitas vezes limitadas e não podem cobrir doenças pre-existentes, ou condições crônicas, e também pode ser difícil de ser renovada se você ficar doente. As vantagens da cobertura de seguro médico global para os expatriados que decidem viver em Israel são várias. O prêmium é baseado em sua idade e área de cobertura, e não é afetado pela quantidade de reembolsos que você faz. A apólice vai com você para qualquer lugar, e se for sair de Israel, elas são normalmente garantidamente renováveis para o resto da vida, ou seja, não há limite de idade. Se for assegurado por uma companhia local, se contrair alguma doença enquanto estiver em Israel, será difícil obter um seguro de saúde fora do país com outra seguradora. Também pode obter uma apólice de seguro global que não esteja vinculado com a sua empresa, e que vai permanecer contigo caso mude de emprego. Muitas das apólices que fornecemos incluem a evacuação médica e repatriação ao seu país de origem. Isso pode proporcionar tranquilidade para estrangeiros que querem saber se podem ser tratados em seus países sem ter que se preocupar com os elevados custos financeiros de repatriação de emergência súbita.

Infra-estrutura médica e paramédica de Israel (ou seja, Magen David Adom, ou o escudo vermelho de David-nacional de ambulâncias de emergência médica, de Israel e serviço de banco de sangue) é bem desenvolvida, embora o mesmo não pode necessariamente ser dito de todas as áreas da Cisjordânia ou Faixa de Gaza. Para obter mais informações, consulte nossa lista de hospitais / médicos em Israel. Em um risco de vida de emergência, os serviços de saúde israelita vão tratar a todos, mas não poderá deixar o país até que pague pelos serviços. Vítimas de hostilidade em Israel, cidadãos israelitas, turistas e pessoas que trabalham para as empresas do país no exterior, são todos elegíveis para os vários benefícios do governo israelense, mas isso não substitui a nescessidade de um plano de seguro de saúde extensivo, caso algo inesperado ocorra.

SOBRE ISRAEL

Sempre que você viajar para um país novo, é aconselhável obter alguma informação sobre o seu destino de modo que esteja melhor preparado quando chegar. É por essa razão que nós fornecemos um esboço geral de Israel.

A informação destina-se apenas como referência, e todos os dados contidos nesta página podem ser alteradas sem aviso prévio. Para obter mais informações atualizadas sobre Israel, por favor consulte um especialista de viagem antes de partir.

Nome Oficial: Estado de Israel / Medinat Yisra'el

Capital: Jerusalém é a capital de Isreal de acordo com uma lei israelense de 30 de julho de 1980, mas seu estatuto gera controvérsia, uma vez que várias partes de Jerusalém não tem vinculação com a ONU. A organização no dia 20 de agosto de 1980 reincindiu esta lei. Como resultado, nenhum país mantém uma embaixada na cidade, e a maioria dos países tem suas representações diplomáticas com Israel, incluindo os EUA, em Tel Aviv, que é também o principal centro financeiro do país. Para obter mais informções, consulte nossa lista de embaixadas em Israel.

Localização: Israel fica situada na costa do leste do Mar Mediterrâneo, com o Líbano ao norte e Egito ao sul.

Tamanho: aproximadamente 21.000 quilômetros quadrados.

Clima: Israel tem um clima temperado Mediterrâneo em geral, mas é quente e seco em zonas desérticas do sul e leste, onde a desertificação é uma ameaça. Tempestades podem ocorrer na primavera e no verão. Existem secas periódicas e terremotos.

População: cerca de 7.112.000

Expectativa de vida ao nascer: 80,61 anos

Prevalência de AIDS: &Cerca de 0,1% da população ou cerca de 3.000 pessoas vivendo com HIV / AIDS
Doenças: Vírus do Nilo Ocidental é encontrada em Israel; tomar precauções contra as picadas de insetos.
Em 3 de janeiro de 2007, a cepa H5N1 da Influenza Aviária (Gripe Aviária) foi encontrada em um jardim de infância em Binyamina (cerca de 50 km nordeste de Tel Aviv). As medidas foram tomadas para evitar a propagação do vírus. Não há relatos de infeções ou mortes relacionadas em Israel ou nos territórios ocupados. No entanto, é uma boa idéia evitar qualquer contato com aves, quer de aves ou animais silvestres.
Grupos étnicos: 76% de judeus, árabes 19%, 5% de grupos minoritários
Outras línguas: hebraico e árabe são as línguas oficias do país, inglês e russo são igualmente falados.

Religiões : 76,4% judeus, muçulmanos 16%, cristãos árabes 1,7%, 0,4% outros cristãos, drusos 1,6%, 3,9% outros

Governo: Israel é um país democrático com direito de votos universal, e uma única câmara parlamentar de 120 bancas chamada Knesset cuja adesão é baseada no sistema de representação proporcional dos partidos políticos. O primeiro-ministro é o chefe do gabinete e do governo. O presidente é um título mais simbólico, e é o chefe de estado.

Chefe de Estado: o presidente Shimon Peres (desde 15 de Julho de 2007)

Chefe de Governo: Primeiro-ministro Ehud Olmert (desde maio de 2006)

Militares: Em Israel, as forças militares consistem em forças de defesa, força naval e aérea. O serviço militar é obrigatório para ambos sexos a partir dos 18 anos de idade para todos os judeus e drusos (com excepção das do Golã) e voluntário para os outros (cristãos, muculmanos, circassianos, etc). Homens alistados devem servir 36 meses, mulheres 21 meses e oficiais 48 meses, com uma obrigação de reserva depois da idade de 41-51 anos (homens) ou 24 (mulheres). Estudantes do yeshiva são isentos do serviço militar e outros que são isentos podem fazer o serviço público escolar, hospitalar e assim por diante. O IDF mantém cerca de 168.000 militares ativos e 408.000 reservas.

Economia: Israel tem uma economia de mercado livre com participação ativa do governo. Tem acordos de comércio livre com a UE e os EUA, bem como vários outros países. Os EUA são seus principais parceiros comerciais com constante apoio. O país é avançado tecnologicamente e o seu setor de indústria de alta tecnologia é bem desenvolvido. Apesar de suas terras serem agriculturamente pobres, o país é auto suficiente na medida em que produz a maioria de seus alimentos, apesar de importar uma grande quantidade de grãos. Isto é divido ao Kashrut, que quer dizer que o alimento necessita ser Kosher. O setor agrícola tem sido intensamente desenvolvido e o país é um líder mundial em áreas como conservação de água, conservação e gestão ambiental. A lapidação de diamantes também é uma industria importante no país. A economia continua a crescer, independentemente das guerras e do terrorismo, com uma quantidade impressionante e crescente de investimentos estrangeiros nos últimos anos. Os conhecimentos técnicos da população, das quais muitos são imigrantes, vai ajudar a expandir vários setores tecnológicos do país, onde já é de ponta.

PIB: O PPC (paridade do poder de compra) é de aprox. 185,9 bilhões dólares; A taxa de câmbio de US $161,9 bilhões

    • Israel é um país com uma história rica, e lar para pessoas de crenças e costumes diferentes, um lugar onde a tradição e a modernidade se difundem interagindo em uma miríade de formas. Classificada em 29a no mundo em facilidade de bancos mundial "Ease of Doing Business Index", tornando-se um destino atraente para expatriados. Seus lugares históricos, praias e paisagens fascinantes têm contribuido para um aumento do turismo no país. No entanto, enquanto o serviço de saúde em Israel é essencialmente de alto padrão, eles podem ser caros. Portanto seguros de saúde particulares são uma necessidade.
  • DICAS DE VIAGEM EM ISRAEL

    • Os israelenses tem a reputação de valorizar o que é correto acima de tudo, o que pode ser de certa forma vista como rude. Perguntas diretas e pessoais são comuns e não tem a intenção de ofender. Quase todos os israelenses que tiveram que servir nas forças armadas, e portanto vários vocabulários militares são incorporados em gírias hebráicas junto com palavras de origem árabe. Os israelenses têm uma mentalidade vencendora e não vão permitir que outros olhem para eles com desprezo. Discussões barulhentas em público são normais. No entanto, todos os israelitas são amigáveis com os estrangeiros.
    • Religiões: Israel abrange uma área de importância histórica para muitas religiões locais e no mundo inteiro, e é um lugar onde várias religiões e culturas convivem juntas. Os visitantes devem estar cientes destas e respeitar as pessoas que muitas vezes tem crenças e costumes diferentes.
    • O Judeu "Shabat", que começa no pôr do sol na sexta-feira e termina no sábado a noite, significa que em Israel o sábado é um dia de descanso. Esteja conciente de que o Shabat em bairros ultra-ortodoxos judaico, como Jerusalém, é sagrado e é melhor não entrar nestes lugares quando estiverem bloqueados. Moradores podem pedrejar o seu carro se tentar conduzir nestes bairros pois consideram a condução de carro proibida neste dia. Também deve se vestir discretamente em Jerusalém, Cisjordânia e Gaza em qualquer dia da semana, e desaconselhamos mulheres a usarem calças. Vários ataques ocorrem com pessoas vestidas de forma vulgar.
    • Seja sensível aos costumes dos judeus, muçulmanos e enquanto estiver no país. Durante o mês sagrado muçulmano do Ramadã (as datas deste evento variam todos os anos) os muçulmanos jejuam entre o nascer e o por do sol. Evite comer, beber ou fumar em locais públicos em áreas predominantemente muçulmanas durante este mes, uma cortesia para com os habitantes locais. Beber álcool na presença de muçulmanos pode causar ofensa. Seja sensato e não tire fotografias de muçulmanos e judeus sem suas devidas permissões.
    • Evite tirar fotos de militares e policiais ou de estabelecimentos, pois as autoridades israelenses podem tomar providências bastante sérias de segurança.
    • Terrorismo - A ameaça do terrorismo em Israel vindas de grupos extremistas palestinos ou internacional ou até mesmo de indivíduos é constante e imprevisível. Os ataques podem ocorrer em qualquer lugar do país como Jerusalém, Cisjordânia, a área perto da fronteira com o Líbano, Gaza e seus arredores. Você deve ter cuidado especial nessas áreas. Há também risco de seqüestro. O transporte público e qualquer área onde um grande número de pessoas possam reunir, incluindo passagens de fronteira e também áreas freqüentadas por estrangeiros estão entre os alvos de ataques. Atualmente desaconselhamos as viagens em áreas em torno de Israel, incluindo mas não limitados a Faixa de Gaza e seus arredores. Consulte a embaixada de seu país para informações mais detalhadas. Seu seguro pode não cobrir os danos relacionados com o terrorismo e áreas de maiores riscos em Israel podem ter exclusões na apólice. Para mais informações sobre seguros em Israel, por favor não hesite em contatar um de nossos representantes.
    • Por questões de segurança por causa do terrorismo, aqueles que entram e saem do país são submetidos a medidas de segurança longas, onde questionamente e pesquisas ocorrem com frequência nos aeroportos. Particularmente rigoroso são postos na fronteira com a Cisjordânia e Gaza, o que pode prejudicar seriamente os viajantes, especialmente porque essas fronteiras são muitas vezes fechadas completamente. Em particular pessoas com sobrenomes árabes, mulheres que viajam sozinhas ou pessoas que não tiverem seus passaportes carimbado em Israel, podem ser detidos ou ter suas viagens adiadas. As pessoas podem ter sua entrada recusada pelas autoridades israelitas sem motivo. Cidadãos estrangeiros com passaporte palestino podem ser considerados por Israel de ser um palestino e ser sujeito as mesmas restrições de circulação em Israel. Os israelitas também devem usar seus passaportes para entrar ou sair do país ao invés de usar um segundo passaporte. Pessoas trazendo aparelhos eletrônicos podem ter sua viagem atrasado ou até mesmo ter seus aparelhos consfiscados, embora eles normalmente são devolvidos ao sair do país.
    • Sempre traga com você seu passaporte em caso das autoridades locais pedirem. Faça uma cópia dele em caso de perde-lo.
    • Israel tem penas severas para crimes relacionados com droga, como o contrabando ou tráfico de drogas são ilegais. Se for pego com posse destas, provavelmente será condenado a uma pena de prisão com deportação em seguida.
    • Dirigir nas estradas de Israel pode ser perigoso, uma vez que estas são lotadas e muitas vezes com motoristas agressivos. O uso de cinto de segurança é obrigatório a todos os momentos, e todos carros precisam carregar coletes fluorescentes (que são baratos e encontrados nos postos de gasolina) para ser usado quando sair do carro para fazer reparos e troca de pneus, etc... É proibido usar o celular enquanto estiver dirigindo.
    • A maioria das visitas a Israel são tranquilas. No entanto, roubo de objetos de valor, cartão de crédito ou de passaporte em praias públicas é comum, portanto tome cuidado dos seus pertences pessoais.
    • Apesar do padrão da saúde em Israel ser alto, pode ser caro para estrangeiros. Hospitais vão insistir no pagamento e podem tomar medidas legais para impedir que as pessoas saiam do país até que suas contas sejam pagas. Os visitantes que entram no país legalmente e são posteriormente feridos por "atos de hostilidade" são elegíveis para determinados benefícios do governo israelense, mas este está sujeito às circunstâncias específicas. Para dar tranquilidade, planos de seguro de saúde é uma obrigação para aqueles que visitam o país.
    Para obter mais informações sobre a viagem para Israel, os planos de seguro de saúde internacional que possamos fornecer lá, ou para receber um orçamento gratuito, entre em contato conosco hoje.
 

For more information about Israel, the international health insurance plans that we can offer there, or to receive a free quote, please contact one of our expert advisers today.