Download Insurance Handbooks
We created these handbooks to help you identify the key points when considering a health insurance policy. They cover a wide range of topics from 'Choosing the right plan', to 'Maternity' and 'Pre-existing' conditions. Please enter your Email address to gain access to our full library.
Download Now  Email Address

  SEGUROS DE SAÚDE NA HUNGRIA



O sistema de saúde na Hungria foi criado principalmente para servir aos cidadãos do país. No entanto, o setor de saúde foi descentralizado substancialmente desde a queda da União Soviética (da qual a Hungria fazia parte) e serviços de saúde particulares no país tem sido a maneira com que muitos húngaros tem recebido os seus serviços médicos.

Na atualidade, o sistema de sáude húngaro é fortemente influenciado pelo sistema da Alemanha e França, com os seguros socias desempenhando um grande papel na forma que os pacientes pagam por seus tratamentos. O Fundo de Seguro (ou HIF) garante que todos os cidadãos do país recebam tratamento gratuito por seus tratamentos médico, e como consequência há uma elevada taxa de utilização desses recursos em todo o país. O HIF recelhe as suas receitas diretamente através do sistema fiscal nacional e gasta cerca de US $600 per capita por ano, e é uma das principais raões pela qual o setor público húngaro tem tido um défice de 4% em 2008 (menor que os 6% em 2007).

Embora o sistema de saúde húngaro possa fornecer um nível relativamente elevado de cuidados aos seus pacientes, há críticas com relação ao serviço. Uma das principais preocupações é o fato de que os húngaros têm uma média de esperança de vida mais baixa da europa. Um dos principais fatores que contribuem para isso é que existem grandes deficiências na cobertura de saúde em todo o país. Apesar de ser chamado "livre de prestação ", os pacientes ainda são obrigados a pagar do próprio bolso para tratamentos dentários e medicamentos além de ter de pagar para qualquer outra visitas de consulta. Além desse grupo étnico específico em todo o país (ou seja, indivíduos de origem romena), serviços inferiores são servidos aos grupos magiares da região e estes tem uma esperança média de 10 anos inferiores quando comparado ao resto da nação.

Essencialmente a Hungria ainda está se recuperando de seu tempo como um membro da União Soviética e durante esse período o sistema de saúde tornou-se lento e burocrático. Isto continua até os dias de hoje, e muitas vezes as filas para atendimento médico são demoradas com diversos documentos a serem preenchidos antes de receber o seu tratamento. Isto é um fator que contribuiu para que muitos húngaros se desiludirem com o sistema e simplesmente optarem por não receber tratamento médico.

Não obstante, nem tudo é ruim. O país pode fornecer serviços de altíssima qualidade, principalmente nos hospitais particulares. Estas instalações médicas no entanto custam bastante e o cidadão comum não pode arcar com ele e como conseguinte, estes são usados por cidadãos ricos e estrangeiros. Estes estabelecimentos de ponta no país terão custos similares a hospitais dos EUA e outros países mais desenvolvidos da Europa, tornando o pagamento por conta própria uma opção inviável de fato. A outra opção é usar os hospitais públicos, e apesar do governo estar tentando melhor o sistema, as longas filas e super lotamento, em conjunto com médicos mal treinados faz do sistema uma triste realidade.

A única maneira de realmente proteger a si e sua família em qualquer lugar do mundo é com um plano de seguro de saúde internacional de qualidade. Planos de seguro de saúde internacional são tipicamente globalmente portáteis e garantidamente renováveis para a vida, dando-lhe garantia de que não importa o que acontecer, sempre terá acesso ao tratamento que merece. Estes planos tipicamente irão lhe dar opções de cobertura adicional incluindo benefícios odontológicos, maternidade, tratamento ambulatório, consultas especializadas, terapias alternativas, remédios gratuitos, e evacuação de emergência.

SOBRE A HUNGRIA

WheneverSempre que visitar um país novo, é util ter alguma informação sobre o seu destino. Continuamente habitado desde 4550 A.C, a Hungria como nação foi oficialmente nasceu em 1000 A.D. e desde então tem desempenhado um papel importante na Europa. Parte do império Áustro-Húngaro e parte da União Soviética, a Hungria teve uma história refletida em agitação social e conflito político. No mundo moderno, a Hungria oferece muitas atrações para os estrangeiros, uma das razões pela qual todos os anos o país recebe milhões de visitas.

Nome Oficial: Magyar Koztarsasag, também conhecido como a República da Hungria, ou simplesmente Hungria.

Capital: A capital da Hungria é Budapeste, situado nas margens do Danúbio, na parte norte do país.

Local : A Hungria é um país da Europa central. Tem fronteiras com a Áustria, Eslováquia, Ucrânia, Romênia, Sérvia, Croácia e Eslovênia.

Tamanho: Com uma área total de 93.030 km2 a Hungria é o 117 ª maior país do mundo sendo maior do que Portugal e ligeiramente menor do que a Coréia do Sul. Em termos comparativos a Hungria é um pouco menor do que o estado americano de Indiana.

Clima: A Hungria possui um clima temperado devido a sua localização no centro da Europa. Isto significa que os verões são quentes, mas os invernos são geralmente muito nublado, úmidos e frios.

População: A Hungria tem uma população aproximada de 9.956.000. Isto significa que a Hungria é o 82º país mais populoso do mundo.

Expectativa de vida ao nascer: A esperança de vida é de 72,92 anos de nascimento. Esta é a 102ª maior expectativa de vida média no mundo.

Doenças graves: Há uma série de riscos das principais doenças na Hungria. Entre elas bactérias que causam diarréia, hepatite A, encefalite e Tickborne.

Idiomas: 93,6% da população fala húngaro ou magyar, que é também a língua oficial do país. 6,4% da população não especificaram ou falam outro dialéto.

Religião: Há uma série de religiões praticadas em toda a Hungria, estas incluem; católica romana (51,9%), calvinista (15,9%), não alistada(14,5%), não especificada (11,1%) Luterana (3%), greco-católica (2,6% ), e outros cristãos (1%).

Governo: A Hungria tem uma democracia parlamentar. Esta é uma forma de governo em que a população vota para um determinado partido político e o partido com a maioria dos lugares no parlamento controlam o governo. Geralmente o líder do partido se torna o chefe de estado.

Chefe de Estado: Laszlo Solyom.

Chefe de Governo : Primeiro ministro Ferenc Gyucsany.

Economia : Após o colapso da União Soviética, a Hungria se afastou com êxito de uma economia de governo para uma de mercado livre. Apesar de várias indústrias ainda terem forte controle governamentais, o país provou que tem tudo para competir com as outras nações da UE no mercado livre, e por isso a economia do país tem crescido bastante desde o início da década de 1990. Um grande défice do setor público diminuiu o crescimento econômico global do país e este é um problema grave que o país está passando. Entretanto, o governo conseguiu diminuir o défice de 6% em 2007 para 4% em 2008, mostrando uma maturidade em mercado, que continua a permitir que a economia do país se estabilize. Atualmente, o setor húngaro privado representa quase 80% do PIB total.

PIB: Com um PPC (paridade de poder de compra) de USD $194,2 bilhões e um PIB real de USD $136,4 bilhões dólares a Hungria tem o 48º maior PIB do mundo.

  • DICAS DE SEGUROS NA HUNGRIA

    Sempre que viaja a um país novo, é útil entender as leis e os costumes locais, pois podem ser diferentes do que está acostumado. A Hungria recebe milhões de turistas todos os anos, e muitos tem dificuldade para entender os costumes, portanto fornecemos alguns conselhos para todos os estrangeiros que viajam no país.

    As informações contidas nesta página podem estar sujeitas à alterações sem aviso prévio. Para uma lista completa de conselhos de viagem húngaro, consulte um especialista antes de partir para sua viagem.


    Enquanto a maioria das visitas a Hungria são tranquilas, há um pequeno número de estrangeiros que vão precisar de assistência consular durante sua visita. Geralmente isto ocorre quando há casos de furto ou roubo. É aconselhável prestar atenção a seus pertences em todos os momentos.

    Há casos em que consumidores são enganados em bares e restaurantes na hora de pagar a conta. As malandragens incluem adição de bebidas e pessoas na conta. Alguns motoristas de taxi são cúmplices destes golpes e podem recomendar certos bares ou restaurantes, portanto só jante em estabelicimentos de qualidade com uma boa reputação.

    No caso de usar transporte ferroviário para viajar durante a noite, tenha certeza de que o compartimento esteja sempre protegido no interior. Houve casos de roubo em trens (comboio) húngaros.

    Não troque dinheiro com cambistas de rua, pois muitas vezes estes podem enganar turistas em grandes quantias de dinheiro. Só troque de moeda em casas de câmbio certificadas.

    Houve uma série de manifestações políticas e tumultos sociais no país e muitas vezes estes eventos terminam com violência. Portanto, é aconselhável que evite grandes aglomerações. No caso de uma manifestação social ocorrer enquanto estiver no país, fique dentro de casa e siga todas as instruções oficiais.

    Para dirigir na Hungria, você deve possuir uma carteira da UE ou internacional válida. O taxa de mortes nas rodovias da Hungria é aproximadamente o dobro das do Reinos Unidos, e você deve estar atento em todos os momentos. Dirigir bêbado, ou dirigir após beber qualquer bebida alcólica na Hungria é ilegal de acordo com a lei do país.

    Você deve trazer alguma forma de identificação fotográfica em todos os momentos. Tanto o passaporte como a carteira de motorista serão aceitas. Fotocópias não serão permitidas como identificação válida.

    Apesar de algumas drogas não serem totalmente ilegais no país, as leis que regem a sua utilização são rígidas. Você deve evitar qualquer substância entorpecente enquanto estiver na Hungria.

    A cada ano vários visitantes sofrem doenças relacionadas com o carrapato, portanto é aconselhavel consultar um médico antes de partir em sua jornada. Certifique-se de que tenha todas as vacinas.

    Houve a confirmação da existência da gripe aviária H5N1 no interior da Hungria. Portanto, todos os viajantes são aconselhados a ficar de longe de qualquer ave durante a sua viagem.

    Para obter mais informações sobre como viajar para a Hungria, os planos de seguro de saúde internacional que podemos fornecer lá, ou para receber um orçamento gratuito, entre em contato conosco hoje.

 

For more information about Hungary, the international health insurance plans that we can offer there, or to receive a free quote, please contact one of our expert advisers today.